Jade Barbosa em final inédita

June 24, 2017

Sucesso dentro dos tablados a ginasta Jade Barbosa segue agora para outro grande desafio, mas dessa vez é hora de brilhar na grande final do programa Dancing Brasil da emissora Record.

 

Foto: Ivan Ferreira

 

 

 

Jade Barbosa já representou o Brasil em duas Olimpíadas, desta vez trocou os tablados da ginastica pelo palco do Dancing Brasil e está prestes a fechar com chave de ouro mais este capitulo importante em sua história. A ginasta nos concedeu entrevista exclusiva contando um pouquinho sobre este momento em sua vida e também fala de uma importante decisão que teve de tomar.

 

MeloGym: Sabemos quanto emocionante é representar o Brasil em uma olimpíada sendo vista e julgado por todo o mundo. Você acha que a experiência de ser julgada dentro dos tablados é um dos seus grandes diferenciais e transmite segurança para os jurados?

Jade: Ser julgada em competições tão grandes faz muito diferença na hora de ser julgada pelos Jurados, eu sinto que eles realmente são transparentes, pois sabem que nos atletas estamos acostumados a lidar com isso, e sabemos que as críticas são para nós crescermos e evoluirmos, não levamos para o lado pessoal.

 

 

MeloGym: Todos pensam que ginastas tem facilidade com  a dança, mas nem sempre é assim. Como você Jade se avalia dançando antes e após o início dos ensaios no Dancing Brasil?

Jade: Sinceramente nós temos facilidade em decorar as coreografias, mas em questão a parte de se divertir dentro da coreografia e sentir a música têm sido muito difíceis para mim, na ginástica nós somos treinamos para estarmos focadas 100% do tempo da competição e os treinos são muito regrados, temos sempre que cumprir regras e isso acaba deixando os ginastas muito disciplinados, dificultando a questão da gente se soltar em frente às câmeras ou fazer um movimento dentro da dança sem pensar na técnica. Com isso a coreografia fica meio robótica e não conseguimos passar naturalidade.

 

 

MeloGym: Como tem sido a rotina de treinos e ensaios desde o início do Programa?

Jade: A minha rotina tem sido muito desgastante, eu treino ginástica em torno de 6 horas por dia, e mais 4 ou 5 horas de ensaio com o Teo depois dos treinos de ginástica. Não tenho mais o domingo para descansar, ou seja, tenho emendado as semanas desde março, quando começou o programa. Eu acho que talvez eu seja a única ginasta a participar do Dancing treinando ginástica ao mesmo tempo... kkkk.

Eu fiquei muito triste na última semana, pois quando eu resolvi entrar no programa, eu sentei e conversei com o meu clube, e como eu não estava escalada para nenhuma competição até julho, eu aceitei participar do dancing, mas á 3 semanas  atrás apareceu uma seletiva para o campeonato Pan-Americano que não tinha estava prevista no calendário, que era na mesma semana que a final do programa, eu me inscrevi, mas não consegui conciliar os dois. Eu tive que deixar de ir à seletiva porque a logística de ensaios e treinos não batiam. Meus ensaios são no Rio de Janeiro, já a seletiva seria em São Bernardo do Campo e eu assinei um contrato me comprometendo com o programa. Escolher foi muito difícil, mas agora eu preciso fazer valer a pena. Eu realmente evolui muito dentro do Dancing Brasil e tenho tentando levar isso para o ginásio. Eu espero que as pessoas tenham a mesma visão que eu, e me ajudem a vencer o Dancing Brasil porque eu preciso do voto do público.

 

Foto: Reprodução Instagram

 

É hora de mostrarmos a força da comunidade da ginástica, convocar amigos, familiares, amigos dos amigos e vizinhos para se ligar na Record e votar na Jade e no Teo. A final acontecerá ao vivo na segunda-feira dia 26 de junho ás 22:30 – Confira aqui o site do programa http://entretenimento.r7.com/dancing-brasil

  

 Contamos com o seu Voto !

Foto: Ivan Ferreira

 

 

 

Please reload

Please reload