Seleção Brasileira Copa do Mundo de Ginástica Aeróbica em Portugal

May 3, 2016

Acontecerá está semana na cidade de Cantanhede (Portugal) a ultima Copa do Mundo antes do Campeonato Mundial da modalidade cujo a Seleção Brasileira de Ginástica Aeróbica estará presente nas categorias Adulto e Juvenil além de também brigar por títulos na categoria Infantil.

Seguindo a preparação para o Campeonato mundial Juvenil Isabela Monteiro que representará o pais competindo na prova Individual Feminino utilizara a competição em Portugal como o ultimo termômetro antes do Campeonato Mundial que acontecerá no próximo mês in Incheon na Coréia do Sul. Está será a segunda importante competição internacional de Isabela Monteiro no ano de 2016, em março a atleta abriu sua participação no campeonato que aconteceu em Aix-Les-Bains (França) e contou com a participação de países tradicionais com resultado expressivo. Após quase dois meses de preparação desde o último campeonato, Isabela espera competir bem na França e seguir com mais segurança e melhora técnica rumo a Incheon.

 

Segundo o treinador Ramiro Lima, esse campeonato é muito importante porque “marca cada vez mais a presença do Brasil nos Campeonatos Internacionais, apesar da seleção carioca por exemplo possuir inúmeros atletas aptos a representar o país, ainda esbarramos na questão financeira pois os custos referentes a viagens e taxas são muito altos".

 

Já na categoria Infantil o Brasil será representado pelas atletas Luiza Conté e Manoela Aparecida. Vale ressaltar que a participação das atletas em categorias iniciais etárias é muito importante possibilitando assim fortalecimento do nome brasileiro em competições de base internacionais.

A retenção e captação de talentos tem sido um dos principais meios pelo qual do Centro Esportivo Ramiro (CER) situado no Rio de Janeiro tem feito a manutenção e renovação da equipe. O Centro Esportivo Ramiro é a casa de três das 4 representantes brasileiras na próxima Copa do Mundo que acontecerá em Portugal – Manoela Aparecida era integrante de uma escola pública e após integrar durante quatro ano uma equipe de ginástica artística como bolsista passou a fazer parte da Equipe do CER conquistando títulos de campeã Pan Americana e Sul Americana além do titulo de campeã brasileira, todos na categoria Infantil – Já Luiza Conté, após iniciar a ginástica artística no tradicional clube do flamengo com apenas 4 anos passou a integrar a equipe do CER ao completar 8 anos fazendo boa campanha ao longo de seu primeiro ano tendo contato com a Ginástica Aeróbica, assegurou o titulo de campeã pré-infantil em campeonato que aconteceu em Oaxtapec (México).

Já na categoria adulto o Brasil será representado por Caroline Santiago na prova Individual Feminino. Atleta que faz seu primeiro ano na categoria adulto tem participado de competições internacionais obejetivando construir nome além de ganhar experiência competindo ao lado dos principais nomes da ginástica Aeróbica. Apesar de estar representando o Brasil nesta importante competição antes do campeonato mundial, Caroline não viajará junto com a delegação brasileira a Coréia.

 

Abaixo você pode conferir uma pequena entrevista com as atletas Caroline Santiago e Isabela Monteiro.

 

MeloGym para Isabela: 

Este será o seu segundo mundial representando o Brasil e com ele pode-se considerar o fechamento de um ciclo na categoria juvenil uma vez que o próximo ano você já passará a competir na categoria adulto. Como você avalia sua última participação no mundial e como se vê em termos de expectativas para o mundial na Coréia?

Isabela: O meu primeiro mundial serviu como um aprendizado, uma experiência, pois foi a primeira vez que eu estava competindo no campeonato mais importante da ginástica aeróbica. Ele foi muito enriquecedor pra mim, uma vez que eu tive a oportunidade de estar perto e de competir com as campeãs mundiais da minha categoria, e isso me motivou a treinar ainda mais para o próximo mundial e conseguir uma colocação melhor.

 

MeloGym para Isabela: 

Um dos principais problemas da Ginástica Aeróbica no Brasil tem sido clubes e equipes manterem os atletas que se destacam nas categorias de base devido as outras prioridades que devem ser dadas na idade que se encontram (trabalho, estudos..). Como tem sido lhe dar com a rotina de preparação para o mundial e conciliar estudos objetivando ingressar na universidade?

Isabela: A medida que vou ficando mais velha e assumindo novas responsabilidades fica mais difícil de conciliar a ginástica com o colégio. Esse ano está bem mais difícil, pois além de ter que me dedicar para passar na escola, também é preciso estudar para as provas de vestibular. Entretanto, por mais que seja difícil treinar e ter obrigações escolares, é possível sim fazer os dois, basta aproveitar o tempo livre para estudar e levar os livros e cadernos para as viagens.

 

MeloGym para Isabela: 

Qual foi o papel da bolsa atleta no seu crescimento como atleta? Acredita que ele é um incentivo mesmo que ainda não seja o suficiente para cobrir todos os custo na vida de um atleta de alto nível?

Isabela: A Bolsa Atleta me ajudou muito a custear algumas competições que talvez eu não pudesse participar caso não tivesse esse dinheiro. Ela pode sim ser um incentivo para os atletas, porém, não é suficiente caso o atleta queira participar de todos os campeonatos que ocorrerão no ano de recebimento desta; além disso, para que um atleta receba essa bolsa é preciso que ele já tenha participado de algum campeonato internacional e ter obtido bons resultados, mas com que dinheiro ele pode ir para essa competição? Acho que é preciso de mais investimento do governo no esporte brasileiro, já que ser um atleta faz muita diferença na vida de uma pessoa, desenvolve o cérebro, melhora a coordenação motora, ajuda a ter foco, determinação, garra, dentre outras qualidades, e, além disso, o Brasil possui excelentes atletas!

 

MeloGym para Caroline: 

Qual a importância do campeonato que acontecerá em Portugal?

Caroline: Este campeonato já estava no planejamento seguindo os planos do mundial da Coréia. Infelizmente não irei competir, mas certamente será mais uma nova experiência como atleta, pois irei competir ao lado de atletas que sou fã e hoje competir ao lado delas é uma lição.

 

 

Continuem acompanhando as noticias.

Go Brasil

Please reload

Please reload