CONTAGEM REGRESSIVA PARA O EVENTO TESTE

Entre os dias 16 e 18 de abril a cidade do Rio de Janeiro será palco do Aquece Rio, o campeonato que servirá de teste para a organização das olimpíadas, também é a última chance de qualificação das equipes e das vagas individuais para os jogos de 2016.


Na disputa por equipes, que acontece dia 16 (masculino) e dia 17 (feminino), existem apenas quatro vagas em jogo, no feminino as equipes que estarão na disputa são:

Brasil

Alemanha

Bélgica

Romênia

França

Austrália

Suíça

Korea

E no masculino as equipes disputando as últimas quatro vagas são:

Alemanha

Canada

Romênia

Espanha

França

Ucrânia

Holanda

Bielorússia

Se no masculino o Brasil respira aliviado por já ter a equipe completa classificada, o time feminino vai ter que enfrentar a pressão de competir em casa e superar países fortes como Alemanha, Bélgica, Romênia e França.


Mas o Brasil vem muito forte, talvez o melhor time brasileiro de todos os tempos. A ginasta Rebeca Andrade está de volta as competições em grande forma nas paralelas e conquistou medalha na etapa da Copa do Mundo de Doha (lembrando que a paralela é um aparelho fundamental para que o Brasil consiga a classificação).


Além de Rebeca, temos a grande evolução e consistência que vem sendo apresentada por Flávia Saraiva, que apresentou um novo salto (yurchenko com dupla pirueta) em competição recente na Itália e Jade Barbosa que na mesma competição também mostrou upgrades nas barras e no solo. Não podemos esquecer de Lorrane dos Santos (melhor brasileira no mundial de Glasgow 2015) e Daniele Hypolito que possuem séries fortes e que podem contribuir muito para o somatório da equipe brasileira.


A comissão técnica ainda não definiu a sexta ginasta da equipe e a reserva, porém Thauany Araújo (medalhista de trave em Doha) e Carolyne Pedro (com uma consistente apresentação em Jesolo) provaram que estão mais perto de compor a equipe.


Apesar das ausências já confirmadas de ginastas como Larissa Iordache (Romênia) e Lauren Mitchel (Austrália), a competição será muito difícil, as equipes da Alemanha e Bélgica estão muito fortes e nunca podemos descartar a França e principalmente a Romênia, especialmente quando a campeã olímpica Catalina Ponor está de volta para ajudar sua equipe.


Há quatro anos o Evento Teste de Londres 2012 foi palco de uma das competições mais emocionantes para os brasileiros, naquele ano a equipe feminina do Brasil conseguiu se classificar para os Jogos na última prova do último aparelho, infelizmente poucos brasileiros estiveram presentes para comemorar o feito, mas dessa vez será diferente!


A equipe feminina do Brasil contará com o apoio da imensa torcida brasileira e cobertura completa da MeloGym e do Gym Blog Brazil!

Contamos com a sua torcida!

#fig #rio2016 #ginasticaartistica #seleçãobrasileira

Nenhum tag.